Lemos | I am hero #1 da Panini

Gosta de zumbis? Então vai adorar esse mangá da Panini

Lançado em maio pela Panini, I am a Hero é considerado um dos melhores mangás de zumbis. A obra, criada por Kengo Hanazawa, foi publicado no Japão entre 2009 e 2017, e foi indicada três vezes ao prêmio Manga Taisho Award. Em 2012 recebeu a premiação de melhor mangá pelo Shogakukan Manga Award. O mangá segue a história de Hideo Suzuki, um assistente de mangás em momento de crise profissional e pessoal. Sempre insatisfeito com a vida, ele agora tem de sobreviver depois da proliferação de uma doença que faz com que as pessoas ajam como zumbis. Mas não pense que o título é um corre corre como geralmente ocorre no gênero. Aqui o foco é na vida do protagonista da história e a contaminação, que aparentemente ocorreu por um vírus, acontece como pano de fundo.

O título também traz um foco na vida dos mangakás e da indústria de publicação, já que Hideo trabalha como assistente. Também vale o destaque do torpor que a vida da sociedade atual nos causa. Vivemos só por conta do trabalho em uma rotina que nos torna verdadeiros zumbis. Os leitores fãs do gênero já devem saber que a vida dos mangakás não tem muito glamour. Prazos apertados, ritmo alucinante e que acaba prejudicando a saúde dos envolvidos. Também há um pouco disso. Mas fiquem tranquilos que os zumbis também estão lá e com boas surpresas no desenvolvimento da história já nessa primeira edição. A arte de Kengo Hanazawa é limpa e realista que leva a uma leitura agradável. A edição da Panini é competente em papel offset, acabamento de verniz na capa e orelhas com sinopse e biografia do autor. Um título bacana que deve agradar aos fãs de filmes e seriados de zumbis ou os que gostam de horror e suspense. A coleção terá 22 volumes com periodicidade bimestral. Vale a pena conferir.

Dados da edição

I am a Hero #1

Formato 13,7 x 20 cm, 448 páginas, R$ 19,90

 

Químico, pai e professor no mundo real, Felipe, vulgo Nerd sempre foi apaixonado por quadrinhos,cinema e TV. Também adora escrever e discutir sobre os temas nas horas vagas, o que o trouxe a GameplayRJ, sua morada na internet.

Comentários

comentários