Lemos | Gotham DPGC:No cumprimento do dever

Gosta de histórias policiais? E o do Batman? E da série Gotham? DPGC tem tudo isso e mais! Vamos conhecer mais sobre essa série bacanuda da Panini

Gotham DPGC:No cumprimento do dever é o primeiro encadernado da série DPGC (Gotham Central, no original) que a Panini lançou no Brasil. Ao todo são quatro encadernados, na sequência: Alvos Facéis, Sob Suspeita e Corrigan. A Panini gentilmente nos enviou o primeiro volume para apreciação. Sempre gostei do Batman, e não somente pelas características que definem o personagem, mas por seus coadjuvantes que são totalmente relevantes ao seu próprio desenvolvimento e as historias. Em DPGC, o foco é a equipe de policiais de Gotham. Normalmente nos filmes, séries e no conhecimento geral, o foco é sempre no Comissário Gordon, mas ele é apenas o chefe de vários homens que arriscam suas vidas no dia a dia. Em Gotham, além dos perigos inerentes à profissão, os policiais ainda tem que lidar com os supervilões do homem morcego. É nesse clima que se inicia a série. Dois policiais vão investigar uma dica de informante sobre o sequestro de uma menina. E chegando lá são surpreendidos pelo Sr. Frio, que mata um deles. A partir daí segue-se o choque dos colegas com a morte e logicamente o sentimento de retaliação. Porém, alguns deles lembram que isto está “fora de jurisdição” deles, já que nestes casos eles devem ligar o bat-sinal. Este é outro ponto interessante na série. Enquanto alguns policiais temem Batman, outros não estão nem aí ou mesmo tem raiva porque eles acabam sendo colocados de lado quando Batman quer intervir. O sinal é visto como um elemento sagrado que deve ser utilizado somente por pessoas autorizadas e em situações que envolvem os supervilões.

A hq, na minha opinião, é tudo o que a série Gotham deveria ser, o foco sempre nos policiais, mas sem esquecer que estamos na cidade que Batman jurou proteger, e assim a sua participação é inevitável. Além dele, outros vilões dão as caras neste encadernado e na série toda, mas sempre envolvidos em relação a algum caso investigado pelos policiais. As histórias ou arcos de histórias são focados em diferentes personagens, cada um com sua personalidade, história de vida e motivações bem trabalhados no dia a dia da profissão. O autor Ed Brubaker trabalha muito bem neste clima policial/urbano, e já havia mandado muito bem nesse estilo em sua própria série Criminal e em um longo arco do personagem Demolidor. O grande destaque da edição é a história Meia Vida que originalmente se passou entre os números 6 e 10 da série que finalizam o encadernado. O foco é a policial Renee Montoya, que se vê obrigado a assumir a sua homossexualidade após colocarem uma foto em sua intimidade na delegacia. A partir daí ela tem que enfrentar o preconceito de seus colegas e de sua própria família. Tudo isso em meio a um caso envolvendo um supervilão. Dizer mais do que isso seria spoiler e estragar a diversão do leitor. Este história foi premiada com o Eisner Award, o Oscar dos quadrinhos em 2004. No mesmo ano ainda levou o Harvey Award, que também é uma premiação importante. Levou ainda o Gaylactic Spectrum Award, que premia obras de ficção científica, fantasia e horror que explora tópicos LGBT de uma forma positiva. A edição da Panini em capa dura é linda e dá gosto de ler. É aquele artigo de colecionador que ainda que tenha um preço mais elevado, vale cada centavo. E sempre podemos contar com promoções por aí não é? Além da Panini estar na CCXP, que como já noticiamos aqui, está oferecendo tanto descontos no seu estande como na internet. Ainda dá tempo de você visitar o evento em seu último dia ou acessar o site até amanhã. A série já havia saído por aqui também pela Panini em uma edição inferior em papel pisa brite colorido na DC Especial números 5, 8, 11, 13, 14 e 16 com o título Gotham City contra o crime de 2005 à 2007. Ao final da edição como extras temos esboços do artista Michael Lark que em tempo, vale mencionar que é uma ótima escolha, que combina perfeitamente com a história. Enfim, uma série que vale a pena colecionar, seja você um fã de Batman, quadrinhos ou de uma boa história policial. Seguem as capas de todos volumes da série.

Dados da edição

Gotham DPGC:No cumprimento do dever

Capa dura, lombada quadrada, papel couché, 244 páginas, R$ 66,00

Químico, pai e professor no mundo real, Felipe, vulgo Nerd sempre foi apaixonado por quadrinhos,cinema e TV. Também adora escrever e discutir sobre os temas nas horas vagas, o que o trouxe a GameplayRJ, sua morada na internet.

Comentários

comentários