CBLOL | CNB derrota Team One | Keyd vence a Kabum e se garante na escalada

CNB e Team One travaram o embate entre o rebaixamento direto e a vaga na escalada. Vivo Keyd enfrentou a Kabum lutando diretamente por uma possível liderança na próxima semana.

O CBLoL caminha para a última rodada. Embates diretos por rebaixamento, lideranças e vagas na escalada marcaram o segundo dia da sétima rodada do CBLoL 2018. CNB enfrentou a Team One, que apostou suas fichas em mais mudanças nas rotas. Vivo Keyd bateu de frente contra a atual líder, Kabum, buscando uma posição mais alta na escalada. Muita coisa para ser definida em apenas 2 jogos.

 

CNB (2) – (0) Team One

Desespero. É o  sentimento que os Golden Boys vem sentindo nos últimos dias. Depois de traçar uma linda história do Desafiante até o Mundial, ganhando o CBLoL, a Team One se vê a beira do abismo do rebaixamento. Com atuações irreconhecíveis dos principais destaques da equipe, o atual campeão brasileiro apostou suas fichas em substituições nas rotas dos jogadores. Contra uma CNB motivada, vVert saiu para a entrada do coreano Lactea no seu lugar. A Team One tinha a chance de depender apenas de si mesmo para não cair. Bastava vencer a CNB.

Os blumers parecem ter finalmente se encontrado no CBLoL, depois de mais de 1 ano jogando de forma apática e desleixada. Após uma vitória contra a Progaming, a botlane da CNB estava jogando melhor do que nunca. Talvez por causa do Pentakill dado por PBO, ou pela melhora visível em toda a equipe, mas Baiano e PBO conseguiam fazer execuções muito bem feitas nas lutas. A CNB lutou, forçou as jogadas, e não sofreu muitas agressões da Team One, que apenas viu seu Nexus ser destruído. Eles ainda tinham uma chance.

A segunda partida, assim como a primeira, foi dominada pelos blumers. Com uma composição extremamente defensiva, a CNB conseguia parar os engages do Zac de 4lan e manter PBO atrás, intocado, dando dano em toda a equipe inimiga. A CNB fez o feijão com arroz, e sem muita dificuldade, forçou os objetivos um a um, e em pouco tempo derrubou a base da Team One, colocando os Golden Boys mais perto do que nunca do rebaixamento direto.

 

Vivo Keyd (2) – (0) Kabum

Provavelmente o confronto mais esperado da rodada, a line up mais vencedora do CBLoL enfrentou a atual líder do CBLoL. Todos esperavam uma série extremamente disputada, com 3 jogos e ótimas atuações. Mas não foi bem isso que aconteceu.

Tanto Kabum quanto a Keyd tentavam entrar no território uma da outra, para controlar a visão e o rio. Titan e Riyev, provavelmente os destaques dos alaranjados na série, conseguiam ganhar o 2×2 contra Micao e Jockster, aumentado a confiança do time. A Kabum conseguia segurar o jogo, e tudo parecia estar indo de acordo com os planos, até eles darem uma call muito afiada de Barão. Utilizando a ult do Ryze, a Kabum entrou escondida no pit do Barão, e ia sair de mãos cheias. Mas não contavam com Revolta. O caçador da Keyd conseguiu entrar no covil e executar um roubo que mudaria o rumo da série. Com o buff em mãos, a Vivo Keyd forçou as rotas, ganhou vantagem, e conseguiu finalizar a partida logo depois.

O roubo do Barão parecia ter pesado no psicológico da Kabum. A equipe conhecida por calls precisas e audaciosas sentia o amargo gosto do fracasso pela primeira vez. Mesmo ganhando o 2×2 na botlane, Titan não conseguia ficar mais forte que o atirador inimigo, e por mais que tentasse se destacar nas team fights, a Keyd jogava melhor. A Kabum sentia pela primeira vez a pressão de estar sendo dominada aos poucos. Com a pressão, a Keyd conseguiu o Barão, e partiu para a base inimiga, ganhando a série e se aproximando de RED e Kabum, ambas com 15 pontos.

Confira a tabela após a 6ª semana do 1º Split do CBLoL 2018.

Na internet, Kcanibu é um youtuber, gamer e editor de vídeo apaixonado por tudo que envolva efeitos especiais e muito CGI. Fora da internet, Miguel cursa jornalismo na faculdade, lê todo e qualquer livro que apareça em sua estante e gasta as poucas horas que sobram vendo filmes e séries, e tentando escrever algo que preste.

Comentários

comentários