Assistimos | IT: A Coisa

Baseado na obra de Stephen King e dirigido por Andy Muschietti, It – A coisa é um filme violento e que pode até chocar algumas pessoas.

Nesta refilmagem (quase uma nova adaptação), um grupo de crianças nada populares são alvos de uma terrível criatura que toma forma e se alimenta de seus piores medos. Nesse sentido, seus medos também são mostrados no terror da vida real, como abuso e o bullying.

Uma outra coisa que ganha pontos a favor é o grande humor que o filme apresenta em vários diálogos, sem passar do ponto, nos fazem esquecer um pouco do terror que estamos ali vendo.

O filme lembra bastantes alguns clássicos dos anos 80, como Goonies ou até mesmo “Conta comigo” (1986), essa também obra de Stephen King. Com crianças se unindo para enfrentar o perigo juntos nas horas mais difíceis.

A escolha dos atores foi impecável, Finn Wolfhard no papel de Richie Tozier é hilário, consegue em todas as cenas, até nas mais sérias, tirar alguma piadinha e muitas vezes maldosa, mas que acertam muito no tom e na idade que eles tem no filme. Bill Skarsgård no papel de Pennywise é simplesmente brutal e incrível em toda sua atuação, tomando a forma dos maiores medos de cada um, ele consegue entregar um “vilão” que vai muito além da violência física.

It – A coisa é certamente o melhor filme de terror do ano, além de ter uma fotografia impecável, ele é muito mais que apenas um filme de terror, ele retrata abusos, racismo, bullies, lutos e superação. A mensagem que o filme carrega é muito poderosa e deveria ser vista por todos. Mesmo sendo um filme longo, ele acaba com uma sensação de querer ver mais!

Alexis é um grande apaixonado por vídeo games e filmes desde criança, nunca deixou de jogar ou assistir um filme praticamente por todos os dias desde que se conhece por gente.

Comentários

comentários