ASSISTIMOS | ERASED

Erased é com toda certeza mais uma acertada da Netflix em produções locais.


A adaptação bastante fiel do mangá criado por Kei Sanbe, que também recebeu uma versão animada em 2016, também contando com 12 episódios, estreou na Netflix no finalzinho de 2017.

Erased apresenta a estória de Satoru Fujinoma (Yuri Furukawa), um rapaz de 29 anos que tenta ganhar carreira como mangaká, mesmo não tendo sucesso com suas obras, ele segue caminhando. Porém, Satoru esconde um segredo, ele consegue fazer breves viagens no tempo para evitar pequenas tragédias que ele presencia em seu dia a dia.

Sem entender o porque, como e quando dessas “revivescias”, Satoru poder evitar algumas tragédias que venha acontecer, No entanto, um incidente com uma pessoa muito próxima, faz o rapaz viajar no tempo até 1988, não irei me aprofundar muito no assunto para não dar nenhum spoiler de uma série que vale a pena conferir.

A trama é um grande misto de drama, suspense policial e ficção. Erased ilustra muito bem a famosa teoria de ação-reação, segundo a qual toda ação produzida no passado ecoará no futuro, criando uma nova linha temporal.


Com um roteiro muito bem conduzido, com personagens bem construídos, e claro não podemos esquecer de dar destaque ao elenco infantil, Erased, é uma série que é muito fiel a sua versão original. A série conta com uma das fotografias mais bonitas da Netflix, ambientando a trama em um Japão clássico e contemporâneo.

Uma série cativante, e emocionante em vários momentos, Erased é uma ótima dica de série para assistir nessas férias, e também um ótimo caminho para conhecer as produções japonesas.

Uma fotógrafa apaixonada por quadrinhos, filmes e séries. Também adora escrever e debater sobre os temas.

Comentários

comentários