Assistimos | Carmen Sandiego – Primeira Temporada

Confira a nossa opinião deste remake incrível da Netflix

Já está disponível no Netflix a primeira temporada da série animada Carmen Sandiego. A animação foi inspirada em uma versão anterior dos anos 90, que chegou a ser exibida por aqui, que por sua vez foi inspirada em uma série de jogos para PC, NES, Sega Genesis, Super Nes, Playstation, GameCube, Wii, além de uma versão para Facebook. Sempre gostei muito do cartoon e cheguei a jogar muitas horas em uma versão para Master System na época e também a do PC na casa de um grande amigo meu. Quando foi anunciada a nova versão, achei a animação bacana, mas fiquei pensando se seria tão legal quanto o antigo. Mas assim que comecei a assistir descobri que o medo era infundado e vi toda a série até o final de seus nove episódios desta primeira temporada. A nova série traz as origens da misteriosa ladra, mais especificamente em sua formação na Academia da V.I.L.E. (Vilões da Liga Internacional do Mal). Porém diferente do desenho original, onde ela é a fundadora da Liga, aqui ela é só uma aluna. Outra mudança que a mim não atrapalhou a diversão, é que aqui Carmen rouba obras de arte e outros itens valiosos da V.I.L.E. para devolver à sociedade, onde seria o lugar. Também está presente na série a agência de detetives A.C.M.E. (Agência para Classificar e Monitora Infratores) que continuam sendo os antagonistas da Liga dos Ladrões. Uma mudança interessante foi que o Jogador (chamado de Player, mesmo na versão dublada) passou a ser aliado de Carmen, bem como Ivy e Zack, que eram os detetives que caçavam Carmen na versão anterior. Os fãs mais exigentes devem chiar, mas a verdade é que a nova versão tem um roteiro muito mais interessante do que o desenho antigo, que era extremamente repetitivo e frustrante, onde nunca os detetives conseguiam prender a ladra e todo episódio começava tudo de novo. As curiosidades sobre cultura, costumes e história dos países voltam na nova versão, porém de forma muito mais dinâmica. E mudanças a parte, achei a animação muito bonita, dinâmica, em um traço estilizado, porém competente. Os episódios são recheados com bastante ação e algumas reviravoltas inteligentes. E foi uma escolha acertada os episódios terminarem sempre em um cliffhanger para o próximo episódio. Isto instiga o espectador a assistir um atrás do outro. Ao final da primeira temporada ainda há questões sobre o passado de Carmen a serem respondidas e uma ponta para continuação, que ainda não foi confirmada pelo serviço de streaming.  Mas os fãs podem ficar tranquilos, pois muitas perguntas que só ficavam no ar no desenho antigo são esclarecidas, inclusive a origem de seu traje vermelho. Agora é maratonar e fiquem de olhos para mais novidades sobre esta e outras séries aqui mesmo no GamePlay RJ.

Químico, pai e professor no mundo real, Felipe, vulgo Nerd sempre foi apaixonado por quadrinhos,cinema e TV. Também adora escrever e discutir sobre os temas nas horas vagas, o que o trouxe a GameplayRJ, sua morada na internet.

Comentários

comentários