As melhores histórias de Thanos

A Guerra Infinita está chegando e o GamePlay RJ traz uma seleção das hqs do vilão Thanos

A ansiedade aumenta! Um dos filmes de heróis mais esperados de todos os tempos está chegando as telonas. Aproveitando a ocasião, eu e meu parceiro Thiago “Idiotando” preparamos uma seleção das melhores hqs de um dos vilões mais queridos e temidos da Marvel Comics. É sua chance de se preparar para o filme mais esperado do ano e conhecer mais sobre o Titã Louco. Confira com a gente e aguarde mais novidades no GamePlay RJ sobre o filme.

Desafio Infinito

Esta minissérie publicada originalmente em 6 partes é não só uma das melhores histórias de Thanos, mas que sem dúvida é uma das fontes de inspiração para o que já rolou no MCU vai acontecer em Guerra Infinita. Foi publicada lá fora em 1992 e chegou em 1995 por aqui pela Abril em 3 edições em formatinho. Com a proximidade do filme a Panini vai relançar a minissérie encardenada em formato luxuoso. Chegando em maio, a edição terá 372 páginas, formato 17,5 x 26,5, 372 páginas, capa dura à R$ 113,00. Além das 6 edições, o encadernado trará a mini Thanos Quest, publicada originalmente lá fora em duas edições que é o começo da busca do Titã pelas jóias do poder. A história escrita por Jim Starlin, criador de Thanos, com arte de George Pérez e Ron Lim segue a busca de Thanos pela Manopla do Infinito, artefato cósmico da editora que também já apareceu nos filmes do MCU. A Manopla dá controle sobre o Tempo, Espaço, Poder, Realidade, Mente e Alma. A última esperança frente ao poder absoluto de Thanos e a conquista de seu amor, a Morte, são os heróis da Terra, liderados pelo misterioso Adam Warlock. Dizer mais que isso poderia gerar algum spoiler, então vale a pena o nosso leitor conferir por si só, preferencialmente após o filme. A minissérie faz parte da chamada Trilogia do Infinito, que é composta também pela Guerra Infinita e Cruzada Infinita, que já estão nos planos da Panini. Eu pessoalmente acho histórias inferiores a primeira, mas também são divertidas. A nova edição já está em pré venda no site da Amazon. Clique aqui para garantir a sua.

Avengers vs Thanos

Esse encadernado saiu lá fora em 2013 e traz os primeiros encontros de Thanos com os Vingadores e outros heróis da Marvel, bem como diversos coadjuvantes importantes de suas histórias, como Drax, o Destruidor; Gamora, em uma época anterior a sua entrada nos Guardiões da Galáxia, Adam Warlock, Serpente da Lua, entre outros. Assim, essa edição entra na seleção por apresentar as primeiras aparições do Titã e mostrar que ele já era poderoso antes da Manopla do Infinito, que eu espero que fique bem claro em Guerra Infinita. Uma pena que desperdiçaram muitos filmes do MCU em que poderia haver uma inserção desse tipo, ou mesmo uma cena pós crédito melhor aproveitada. Por aqui, você pode encontrar ela somente importada. Parte deste material também foi publicada em Grandes Heróis Marvel n°1 em 1983, que talvez você ainda encontre em sebos ou no Mercado Livre. O restante talvez tenha saído aqui e ali, mas são edições muito antigas. A Panini perdeu essa oportunidade, mas espero que eles reconsiderem publicar esse material por aqui com o sucesso do filme.

Thanos – Revelação Infinita

Revelação Infinita é a primeira história da chamada Nova Trilogia do Infinito pelo criador do personagem, Jim Starlin. Saiu em 2014 por lá e foi chegar em terras brazucas só no ano passado. Seguiram Relatividade Infinita e Final Infinito, todas já lançadas pela Panini e que podem ser encontradas no Amazon. Basta clicar no nome das edições para compra-las. Essas três edições valem a pena de ser conhecidas pois depois de passar por muitos autores, o Titã volta a ser escrito pelo seu criador, que é especialista nessas sagas e personagens cósmicos. Além de Thanos ele escreveu uma ótima fase do Surfista Prateado e histórias de Adam Warlock e outros coadjuvantes de Thanos. O autor também roteirizou Odisseia Cósmica da DC, e criou Dreadstar, um personagem meio underground das hqs, mas bacana. Na trama da primeira edição, Thanos, o Titã Louco, assassino de deuses e destruidor de mundos, deve seguir uma trilha de pistas pelo cosmo, em busca da revelação que possibilitará todos os nossos amanhãs. Ao seu lado, segue a forma renascida daquele que um dia foi seu maior inimigo: Adam Warlock! E o que o aguarda é nada menos que a Pergunta Suprema! Mas qual será a resposta derradeira de Thanos? Vale a pena conhecer mais este capítulo da história do personagem. As demais histórias são continuações diretas e envolvem outros personagens cósmicos da editora, como o Aniquilador, entre outros. Nos EUA, foi lançado recentemente Infinity Siblings, que segue Thanos, em sua busca incessante pelo poder e seu irmão Eros, em uma história que é a primeira de mais uma trilogia escrita por seu criador.

Infinito

Evento publicado lá fora em 2013 e chegou por aqui no ano seguinte, em 2014. A série principal foi escrita por Jonathan Hickman com arte rotativa, incluindo Jim Cheung, Jerome Opeña Dustin Weaver. A série durou 6 edições, além dos spin offs nas revistas dos personagens envolvidos. O evento já teria sua importância por levar a outro evento importante da editora, Inumanidade, em que uma bomba de Névoa Terrígena leva o despertar de diversos inumanos adormecidos. Mas além disso, um dos focos dessa série é a luta entre a Ordem Negra que estará presente em Guerra Infinita e os Illuminati, grupo de personagens da Marvel que vem controlando os eventos da história do universo. Uma outra relação com o filme é a invasão de Wakanda pela Ordem Negra. Além das relações em si, a história entra nessa seleção porque a participação de Thanos é importante durante o evento, que tem a participação não só dos personagens cósmicos mas dos Vingadores, Inumanos, Homem Aranha, Thunderbolts, além dos personagens cósmicos da editora como Guardiões da Galáxia, Nova, Capitã Marvel entre outros. Me conte mais sobre o crossover mais audacioso da história. Este sim é um mega crossover que vale a pena conferir! Também somos apresentados ao seu filho Thane, que tem uma grande importância no evento e que dá as caras nas histórias até hoje como veremos na próxima hq da nossa lista. Dizer mais seria spoilerNa história, uma raça alienígena conhecida como Os Construtores ameaça a Terra e levará os Vingadores para os confins do universo, deixando o planeta vulnerável a um ataque de Thanos e a Ordem NegraA Panini lançou primeiramente a série principal e os spin offs nas revistas mensais da Marvel. Depois relançou a série principal encadernada no ano passado, que pode ser adquirida no Amazon clicando aqui.

Thanos

Apesar de ser um dos maiores vilões da Marvel, Thanos teve poucas edições dedicadas somente ao personagem. Essa série mensal que começou ano passado nos EUA não só permitiu isto, mas com maestria. Escrita por Donny Cates com arte de Geoff Shaw e Antonio Fabela, a conheci nas indicações do meu colega no GamePlay RJ Thiago em nosso post semanal Na gringa (você pode conferir todos em nossa seção de quadrinhos, clicando aqui). Com a hype em cima do filme decidi conferir. Esse mês a série começou chegar por aqui pela Panini e você pode adquirir a sua clicando aqui. A série durou 18 números e é dividida em três grandes arcos, sendo este primeiro encadernado correspondente ao primeiro, nas edições de 1 a 6. A história começa com Thanos descobrindo que está morrendo, mas ele não vai desistir tão fácil em sua busca pelo poder. No primeiro arco ele busca uma cura para sua doença, devastando aqueles que ficam no seu caminho. No segundo ele se vê em um confronto com seu filho Thane, que busca vingança e se une a outros personagens que buscam o mesmo. E o último arco (que considero o melhor) mostra Thanos encontrando uma versão futura sua que simplesmente venceu, ou seja, derrotou todo mundo e dominou o universo. O que acho mais interessante nessa história é que o leitor pode acompanhar Thanos desprovido das Jóias do Poder, que atualmente estão espalhadas e pertencem a vários heróis da editora. E mesmo assim vemos o quão poderoso, ardiloso e inteligente é o personagem. De novo, espero que no filme foquem no personagem em si que é foda por si só, do que apenas um usuário das Jóias do Poder. 

A morte do Capitão Marvel

Um dos grandes clássicos dos quadrinhos, A morte do Capitão Marvel também foi escrita e desenhada por Jim Starlin. Ela foi lançada lá fora em 1982, chegando por aqui só em 1988 no terceiro número da coleção “Série Graphic Novel”, republicada pela Salvat em sua Coleção oficial de Graphic Novels ano passado (n° 25, sendo que o n° 24 também traz histórias clássicas do personagem pelo autor) e pela Panini em encadernado de luxo também no último ano. Vale citar que este personagem é a versão clássica e masculina da personagem feminina atual que vai ganhar um longa estrelado por Brie Larson ano que vem. Na história, o guerreiro kree Capitão Mar-Vell triunfou contra adversários grandes e pequenos como protetor do universo e verdadeiro defensor da Terra. Mas, ao receber o diagnóstico de que está com câncer, o herói se vê diante de um inimigo que nem mesmo seu vasto poder é capaz de derrotar…e tanto ele quanto o universo que o ama terão de lutar para aceitar o inevitável. E mais, confira a batalha seminal contra Nitro que adoeceu o Capitão Marvel muitos anos antes — e, em meio a um confronto com o descomunal sistema de computadores de Titã, agora corrompido pela loucura de Thanos, testemunhe o nascimento do romance entre Mar-Vell e seu verdadeiro amor, Elysius. Aqui, Thanos mostra um lado mais nobre em que reconhece Mar-vell não somente como um inimigo, mas sim um rival. No momento da morte do Capitão (não é spoiler né gente? A história chama assim), Thanos e sua eterna amada Morte vem receber o Capitão. Essa foi fácil de selecionar, pois além de trazer o inimigo mais poderoso de Thanos, traz uma história bastante tocante mostrando que mesmo com grandes poderes, há males que não se pode combater. Recomendo ao leitor conhecer esse material que pode ser adquirido em comic shops, livrarias ou Amazon, clicando aqui.

Deadpool vs. Thanos

Um crossover reunindo o maior vilão e um dos personagens mais cômicos da editora, não poderia deixar de estar nessa lista. E falando em hype, o filme do Mercenário Tagarela chega dia 17 de Maio, e você pode curtir esses dois personagens tão diferentes em uma única hq. A minissérie em 4 edições saiu em 2015 lá fora e chegou aqui há exatamente um ano atrás na revista Deadpool Extra n° 4. Escrita por Tim Seeley com arte de Elmo Bondoc  a história traz os dois ex-namorados da Morte: Thanos e Deadpool buscando-a após seu desaparecimento que levou todas pessoas do universo a pararem de morrer. A partir daí seguem as loucuras características que devem agradar aos fãs do mercenário desbocado, aos fãs do Titã ou mesmo os que curtem hqs de comédia.

Químico, pai e professor no mundo real, Felipe, vulgo Nerd sempre foi apaixonado por quadrinhos,cinema e TV. Também adora escrever e discutir sobre os temas nas horas vagas, o que o trouxe a GameplayRJ, sua morada na internet.

Comentários

comentários